Pular para o conteúdo principal

Natureza | Pleomele ou dracena malaia, ou ainda pau-d'água.


A pleomele é uma planta arbustiva, de textura semi-lenhosa e amplamente utilizada no paisagismo e na decoração de interiores. Seu caule é ereto, ramificado e atinge uma altura média de 2 a 3 metros, embora possa atingir 6 metros no seu habitat de origem. As folhas são simples, coriáceas, ligeiramente onduladas, de cor verde-oliva escuro, dispostas em espiral ao longo do ramos. Ocorrem ainda outras variedades, com destaque para duas cultivares variegadas: a “Song of India”, com folhas de margens cor verde-limão, e a “Song of Jamaica”, de margens cor branco-creme. As flores pequenas e brancas surgem no final do inverno reunidas em inflorescências terminais e, assim como os frutos, não têm importância ornamental.
A pleomele é uma planta tropical muito vistosa e de crescimento moderado. No jardim ela pode ser plantada isolada, em grupos ou em renques. Elas são rústicas e quando podadas corretamente podem formar ótimas cercas vivas. Envasadas, elas podem ser utilizadas em ambientes internos, onde são muito apreciadas na decoração por sua beleza e tolerância às condições de baixa luminosidade. No entanto, esta tolerância deve ser sempre testada e é sabido que as pleomeles não variegadas são um pouco mais resistentes que as formas variegadas. Na dúvida o crescimento da planta deve ser monitorado, pois caso ela comece a perder as folhas e estiolar (crescer muito rápido em altura) é sinal de que está faltando luz.

Mais vistas do Mês

Natureza | Amarilis.

Nome científico: Hippeastrum,  Nome comum: Amarilis ou a "sogra e nora" Altura: Vão dos 50 aos 80 cm. Caraterísticas. A planta chamada amarílis possui formosas flores. A sua aparência é similar à das açucenas, embora possa dizer-se que são muito mais formosas. Estas plantas são do continente americano, embora na região central seja onde mais se encontram. Esta planta possui caules longos e fortes onde se podem encontrar flores de cor carmesim, ou também flores amarelas. Estas flores são bolbosas e os seus usos são sobretudo de toque decorativo. Embora num jardim ou na natureza estas cresçam com força, também podem cultivar-se em vasos. Para eles devemos usar uma boa terra e colocá-las num sítio onde recebam boa luz e ar suficiente. Se se deseja cultivar estas plantas, deve-se saber que gostam bastante de luz solar e também os climas quentes. Além disto requerem boas quantidades de água, tendo que regá-las pelo menos 2 vezes por semana, evitando sempre que a terra esteja seca…

Natureza | Flox.

Nome Científico: Phlox drummondii
Nomes Populares: Flox, Chamas, Flocos, Flox-azul
Nativa do estado do Texas nos Estados Unidos, a flox é uma planta de cerca de 30 cm de altura e apresenta ramagem densa, macia e folhas verde-claras em forma de lança. As flores surgem em pequenos buquês, e podem ser de diversas cores e formas, principalmente brancas, azuis, roxas, vermelhas ou rosa, com mesclas entre estas cores. Elas ainda podem ser simples ou dobradas, de pétalas estreitas ou largas, lisas ou franjadas, de acordo com a variedade. A floração inicia-se no final do inverno, atingindo seu auge na primavera e se estende pelo verão. São muito atrativas para as borboletas. A Flox ou Phloxes, é um gênero de 67 espécies de plantas da família Polemoniaceae. Elas são encontradas principalmente na América do Norte (uma na Sibéria) em diversos habitats como florestas e pradarias. Algumas flores abrem na primavera, outras no verão e no outono. As flores podem ser de cor pálido azul, violeta, rosa, v…

Natureza | Gerânios.

As espécies do gênero Pelargonium são plantas nativas da África que costumam receber nomes populares como gerânio ferradura, pendente ou hera gerânio. De pequeno porte, no máximo um metro de altura, essas plantas têm em comum a presença de lindas flores entrecortadas e coloridas que florescem de forma bem numerosa, geralmente formando caxos que são comparados a buquês de noivas.Costuma-se utilizar bastante os gerânios em vasos suspensos ou então em jardineiras, principalmente por pessoas que têm o hábito de manter as jardineiras suspensas nas janelas dos quartos. Desta forma seus ramos recheados de flores se dependuram formando um efeito bem vistoso. Essa planta não apresenta nenhum problema em relação ao excesso de sol queimar seus membros, na verdade deve ser cultivada em local bem iluminado, preferencialmente recebendo sol direto, para que se desenvolva bem e floresça bastante.
Quanto ao solo, misture-o com uma boa parcela de areia grossa e fertilizante orgânico, para que assim a pl…